Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

Angola

opinião

Crónica

Luaty Beirão: Dormir e acordar numa distopia

“João Lourenço está a dar continuidade a alguns dos vícios que José Eduardo deixou.” Uma crónica do ativista e músico angolano, seis anos depois da sua prisão.

29 Março 2021

entrevista > é apenas fumaça

Angola

Manuel Dias dos Santos: “João Lourenço representa a continuidade do regime”

Enquanto João Lourenço, Presidente angolano, anuncia como prioridade do seu executivo o combate à corrupção e recebe ativistas críticos da governação do seu partido (MPLA) na Casa Civil, a repressão continua em vários setores da sociedade angolana. Estamos perante um novo regime ou, apenas, a continuação da governação de José Eduardo dos Santos, ex-Presidente durante quase 38 anos? Conversámos com Manuel Dias dos Santos, sociólogo, historiador, membro fundador e porta-voz da Plataforma de Reflexão Angola.

21 Dezembro 2018

atualidade

Angola

Domingos da Cruz: “Em Angola, a educação também é um instrumento de opressão”

Domingos da Cruz, ativista angolano pela democracia em Angola, professor de Direitos Humanos, Filosofia e Teoria da Educação, investigador, jornalista e coordenador do Observatório da Imprensa e da Comunicação, lida com a influência do Regime Angolano também no espaço acadêmico.

14 Março 2017

entrevista > é apenas fumaça

Angola

Domingos da Cruz: “Em Angola o que tem acontecido não são eleições. São simulacros eleitorais”

Entrevistámos o ativista, jornalista e investigador Domingos da Cruz sobre as eleições em Angola, o autoritarismo do regime e a censura da imprensa. E ainda sobre as consequências das revoluções na Líbia e na Síria e a influência do capital angolano na comunicação social portuguesa.

4 Novembro 2016

entrevista > é apenas fumaça

Angola

Luaty Beirão: “Prescindi da intervenção do Estado português, porque em Angola devo ser tratado como angolano”

Conversámos com Luaty Beirão sobre o que se passa em Angola, o futuro do movimento, inspiração da Primavera Árabe e a (não) intervenção do governo português.

20 Julho 2016
O nosso jornalismo é aberto a toda a gente, mas custa dinheiro. Ajuda-nos a continuar.