Angola

Domingos da Cruz: “Em Angola, a educação também é um instrumento de opressão”

Domingos da Cruz, ativista angolano pela democracia em Angola que esteve preso por mais de um ano no processo 15+2, lança hoje um relatório com o nome “Democracia académica e liberdade científica em Angola” para o qual entrevistou mais de 100 professores e investigadores angolanos.

Entre outras conclusões, o chocante estudo mostra que 1 em cada 3 inquiridos assume que “Acredita que pode ser perseguido, ameaçado, expulso do serviço ou morto por dar aulas seguindo o rigor científico” e 55% dizem que “existe ou conhecem estudantes que o seu papel é de agente secreto para vigiar professores e alunos”.

Conversámos o Domingos, neste episódio de Atualidade, sobre o que este relatório mostra, sobre o que se passa dentro comunidade científica em Angola, e sobre as eleições angolanas que se vão realizar este ano.

Podes ler todo o relatório aqui. Para ouvires a nossa conversa sobre o Regime Angolano com o Domingos da Cruz, lançada há alguns meses atrás vai aqui.

Fotografia: Rede Angola

Subscreve a newsletter

Lê textos exclusivos escritos por nós ou pessoas convidadas. Guarda as nossas recomendações de reportagens, podcasts, filmes e documentários.

Subscreve e recebe a nossa newsletter.

Ver exemplos