Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

Cultura

B Fachada: “Talvez o Zé Mário Branco esteja certo: os jovens deviam pensar mais no futuro e menos no passado”

12 Janeiro 2017
14:55

No episódio de hoje, temos connosco alguém que não é um político, não é um investigador, não é um jornalista, nem um conhecido ativista da praça pública. B Fachada é cantor, músico, escritor de canções, e é um representado como somos nós. Quisemos ouvi-lo não para falar sobre o seu último álbum ou o próximo que lançará, mas sobre a sociedade dos dias de hoje.

Conversámos sobre música de intervenção e o seu papel na luta de libertação contra o regime do Estado Novo, sobre se ela existe ou tem de existir hoje, passando pelos ideias de músicos como Zeca Afonso e José Mário Branco. Conversámos também sobre a revolução do 25 de Abril e a revolução que falhou, a cultural.

“Nós vivemos muito obcecados com o passado, e quando o José Mário [Branco] era novo viviam obcecados com o futuro.”

Falámos sobre a política dos dias de hoje em Portugal, sobre como a Europa funciona e tem funcionado e também sobre a eleição de Trump e o que ela representa para o mundo.

Foto: André Leão

NOTA: Texto do artigo atualizado a 19/11/2019. O título genérico sobre o tema da conversa foi trocado por uma citação e no artigo acrescentou-se a descrição dos tópicos da entrevista.



/ /

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Contribuir

subscreve a nossa newsletter

para poderes votar nos tópicos que vamos investigar, workshops que queremos fazer e teres uma voz activa.

Aqui, quem influencia o jornalismo és tu. Apoia-nos.