25 de Abril de 1974

“Liberdade”, por Maria Teresa Horta

Este texto foi lançado, em primeira mão, na nossa newsletter semanal. Se quiseres receber estas crónicas, textos exclusivos e recomendações de reportagens, podcasts e filmes no teu email, subscreve aqui.

Liberdade

É dia de liberdade
ano após ano
de punho erguido
   e preciso

Memória acrisolada
cravos
no cimo do riso

Com a sua côr
encarnada
e o olhar resgatado

Dando conta
dos indícios
sonho a crescer do nada

Sendo o nada
o seu princípio
e em seguida infinito

Liberdade libertada
de liberdade hasteada
sendo o sonhar
   seu grito

Maria Teresa Horta
Lisboa, abril de 2021

Subscreve a newsletter

Lê textos exclusivos escritos por nós ou pessoas convidadas. Guarda as nossas recomendações de reportagens, podcasts, filmes e documentários.

Subscreve e recebe a nossa newsletter.

Ver exemplos