Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

entrevista > é apenas fumaça

Alentejo

Debate: “Há muita gente que entra numa camioneta às 4h da manhã, volta às 5h da tarde, e recebe o salário mínimo”, Inês Fonseca

Ao longo de anos, empresas prestadoras de serviços e multinacionais fizeram crescer nas suas explorações agrícolas no sudoeste alentejano autênticas aldeias de contentores. Quatro paredes metálicas com poucas dezenas de metros quadrados servem de casa para centenas de imigrantes. Muitos são mal pagos, precários, e têm pouca ou nenhuma proteção social. No debate “Exploração da gente para a exploração da terra”, gravado ao vivo no Festival Política, em Lisboa, conversámos com Inês Cabral, que fez uma tese de mestrado sobre a receção e o impacto da imigração no concelho de Odemira, e Inês Fonseca, porta-voz do movimento Chão Nosso.

20 Agosto 2020

opinião

Opinião

Ainda vivo às custas dos escravizados pela minha família

Dormi mal este fim-de-semana. Quando tenho insónias vejo o debate de 1975 entre Mário Soares e Álvaro Cunhal. É apaixonante, longo, democrático, e ajuda-me a relaxar. Portanto, vi-o na íntegra, duas vezes. Estava particularmente irritado, nervoso, amedontrado, porque há semanas que ando de volta da mesma ideia: a ditadura, a guerra colonial, a monarquia, a […]

20 Agosto 2020

entrevista > é apenas fumaça

Saúde Mental

António Coimbra de Matos: “É impressionante a quantidade de pessoas que não dorme sem tomar uma droguinha à noite”

Figura incontornável da pedopsiquiatria e da psicanálise em Portugal, António Coimbra de Matos dedicou grande parte da sua vida a tentar entender a depressão. Em entrevista, fala sobre a relação das doenças mentais com a família e o trabalho. Esta entrevista integra uma grande reportagem sobre saúde mental e prevenção do suicídio que publicaremos no futuro.

13 Agosto 2020

entrevista > é apenas fumaça

Segurança Privada

Agostinho Costa: “Não cabe à segurança privada fazer de Polícia, nem tem competências para isso”

O maior corpo de segurança do país é privado. São 45 mil pessoas no ativo, das 58 mil autorizadas a trabalhar, com um cartão atribuído pelo Ministério da Administração Interna. Se olharmos com atenção, há menos efetivos no conjunto dos três ramos das Forças Armadas Portuguesas ou na soma do total de efetivos da PSP e da GNR. Quem vigia os vigilantes? Agostinho Costa, Major-General, fala-nos sobre o conceito de segurança e as forças de segurança privadas e públicas.

6 Agosto 2020

reportagem > dois pontos

Covid-19

A Resistência: quarentena na rua

Como se faz quarentena sem uma casa? Conversámos com as pessoas que resistem nas ruas de Lisboa, com ou sem pandemias, mesmo quando o distanciamento social e a quarentena são impossíveis.

4 Junho 2020

extras

A Serpente, o Leão e o Caçador (Extra)

Carla Amado Gomes: “A Europa tem uma responsabilidade histórica face aos deslocados climáticos”

Carla Amado Gomes é especialista em Direito Ambiental e professora na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Nesta entrevista, fala sobre as questões que a crise climática coloca ao Direito, os litígios climáticos contra os Estados e a responsabilidade histórica dos países industrializados.

23 Abril 2020

entrevista > é apenas fumaça

Brasil

Eliana Sousa: “É grave que a família de Bolsonaro tenha uma relação tão próxima com o crime bárbaro da Marielle”

O assassinato da vereadora Marielle Franco faz dois anos a 14 de março. Esta semana, entrevistamos a ativista Eliana Sousa Silva, da Redes da Maré, ONG que funciona no Complexo de Favelas da Maré, onde nasceu e se criou Marielle Franco. Na entrevista, ela fala-nos da trajetória de Marielle, do impacto da sua morte e do contexto político e social do complexo de favelas, que sintetiza o estado de crise e crime do Rio de Janeiro e do Brasil.

5 Março 2020
Este é o único anúncio que vais ver neste website. Apoia o jornalismo independente.