Menu
Jornalismo independente
progressista e dissidente

19 Janeiro, 2017

Apenas Fumaça

É Apenas Fumaça>entrevista

João dos “Truques da imprensa portuguesa” sobre a Comunicação Social em Portugal

Esta semana lançamos Fumaça com o João, um dos gestores anónimos da página [“Os truques da imprensa portuguesa”](http://www.facebook.com/ostruques/).

Tínhamos muitas perguntas para fazer ao gestor de uma página de Facebook que tem vindo a "policiar" os meios de comunicação em Portugal, causando muita polémica pelo caminho. Ainda recentemente no Congresso dos Jornalistas em Lisboa era notório o desconforto de alguns jornalistas perante tanto "truque" denunciado sem dar a cara.

Mas, enquanto a uns se ferem susceptibilidades, a outros se vai esclarecendo o que é publicado pela comunicação social. É que uma simples página de Facebook tem hoje mais de 100 mil seguidores, milhares de publicações e de partilhas. Os Truques conquistaram o seu espaço, com seguidores fervorosos, críticos convictos e muitos dedos apontados à imprensa Portuguesa. Atualmente já influenciam e fazem com que se editem notícias, mudem imagens, e retifiquem reportagens.

Quisemos saber mais sobre "Os Truques", ir para além de tanto fumo e fogo, e fazer as perguntas que ainda não lhes tinham sido feitas. Falámos sobre o que é, ou não, um truque, sobre o papel do jornalismo e de quem o consome, a questão do anonimato da página e da parcialidade, e do futuro da imprensa Portuguesa.

Esta é a primeira grande entrevista d’ "Os Truques da Imprensa Portuguesa". Ouve aqui este episódio.

P.S.: Agora já podes contribuir para o É Apenas Fumaça. Se acreditas que o papel da comunicação social é escrutinar a democracia e se queres continuar a ouvir falar de temas como racismo, educação, o futuro do projeto europeu, religião, direitos LGBT, transparência e corrupção, contribui aqui.