Jornalismo independente
progressista e dissidente

opinião

Rua do Mundo #5. Na Hungria de Orbán, as universidades também se abatem. Com José Reis Santos, correspondente em Budapeste

alt

Vais ouvir conteúdo original da Rua do Mundo, um podcast sobre política internacional com Bernardo Pires de Lima, Rui Tavares e Sofia Lorena — hoje com o correspondente em Budapeste, José Reis Santos.

Olhamos para a Hungria e para os protestos contra a lei com que o governo de Orbán procura fechar a única universidade que ainda não controla no país. Falamos com José Reis Santos, historiador e investigador com vários anos de experiência na Central European University, fundada por George Soros, na capital húngara, para saber como estes protestos podem significar um ponto de viragem no país-pioneiro do nacional-populismo na União Europeia. E alargamos também a nossa conversa à realidade regional entre os 4 de Visegrado (Polónia, República Checa, Eslováquia e Hungria), os Balcãs ocidentais e, claro, a Rússia de Vladimir Putin. Da academia à sociedade, da política energética aos desafios para o estado de direito na UE, um dia cheio na Rua do Mundo.

Acreditamos que o papel do jornalismo é escrutinar a democracia: questionar as decisões tomadas, responsabilizar os representantes. Falar dos temas de que poucos falam, ouvir quem tem menos voz, contar as histórias que não são contadas. Se queres continuar a ouvir as nossas entrevistas, reportagens e séries documentais, podes contribuir aqui.