Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

Prémios Podes

Fumaça eleito podcast do ano 2019

13 Novembro 2019
10:59

O Fumaça ganhou o prémio de podcast do ano e melhor podcast de entrevistas na primeira edição do Podes 2019, o primeiro festival de podcasts em Portugal, que teve lugar a 9 de novembro de 2019, em diversos locais do Chiado, em Lisboa. Durante todo o dia, decorreram oficinas, painéis de discussão, episódios gravados ao vivo e encontros com podcasters.

A entrega das distinções decorreu na Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, perante uma plateia de cerca de 200 pessoas. Estavam nomeados 49 projetos, distribuídos por 12 categorias. O Prémio do Público foi atribuído por votação online e o podcast do ano escolhido entre os vencedores de cada categoria.

Constituíram o júri Ana Isabel Reis, Bárbara Baldaia, Céu Mateus, Conguito, Eva Esteves, Guilherme Fonseca, João Paulo Meneses, Luis Bonixe, Miguel Van der Kellen, Paula Cordeiro e Wandson Lisboa.

O Podes – Festival de Podcasts é dirigido por Márcio Barcelos, seu mentor, que criou a plataforma de divulgação de podcasts portugueses Portcasts e contou com a co-produção do jornal Público e de vários outros parceiros de produção e divulgação. Foi anunciada uma nova edição em 2020.

Vencedores dos Prémios Podes 2019

Universidades: Sofá (Diana Lemos, Larissa Silva, Inês Martins e Mafalda Domingues – ​ESCS FM)

Lifestyle: Assim Assado (Bruno Martins)

Storytelling: Conta-me tudo (David Cristina, João Dinis e Pedro Górgia)

Humor: Ar Livre (Salvador Martinha)

Desporto: O Brinco do Baptista (Sérgio Engrácia)

Ciência e Tecnologia: 45 Graus (José Maria Pimentel)

Cultura e Entretenimento: Brandos Costumes (Pedro Paulos)

Rádio: Fala com Ela (Inês Meneses – Radar)

Sociedade: Histórias de Portugal (Marco António)

Entrevista: Fumaça

Prémio do PÚBLICO: Sporting 160 (João Castro, Pedro Varela e José Duarte)

Podcast do Ano: Fumaça

/

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Contribuir

subscreve a nossa newsletter

para poderes votar nos tópicos que vamos investigar, workshops que queremos fazer e teres uma voz activa.

O nosso jornalismo é aberto a toda a gente, mas custa dinheiro. Ajuda-nos a continuar.