Jornalismo independente
progressista e dissidente

Feminismo

entrevista > é apenas fumaça

DIREITOS LGBTI+

Linn da Quebrada: “A mulheridade no Brasil, hoje, significa resistência, significa força”

 Chama-se Linna Pereira. Mas toda a gente a conhece como Linn da Quebrada, nome artístico. Tem 28 anos. É uma mulher trans, artista multimédia e ativista, voz de uma nova música brasileira, funk-manifesto que não pede licença. É “bixa travesty, nem ator, nem atriz, atroz. Performer e terrorista de género”, nas suas palavras. Desde […]

18 Outubro 2018