Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

Religião

Faranaz Keshavjee sobre o Islão

9 Dezembro 2016
13:01

Recentemente numa ‘conversa de café’, que hoje se fazem mais em caixas de comentários no Facebook, alguém dizia, “o Islão é uma religião violenta e o Alcorão incita à violência”, acrescentando ainda que nos países muçulmanos as mulheres são “apedrejadas e decepadas”.

Mas e o que é que uma mulher, muçulmana, especialista sobre o Islão e sociedades muçulmanas na Universidade de Cambridge e investigadora associada no CEI-IUL, tem a dizer sobre o Islão e tudo isto?

Foi isso que quisemos saber numa conversa com a Faranaz Keshavjee, neste segundo episódio da nossa série de religião.

Procurámos ver para além da fumaça do preconceito e perceber a segunda maior religião do mundo com cerca de 1.6 mil milhões de seguidores. Falámos sobre o início do Islão, do Alcorão, dos direitos das mulheres, de terrorismo e do daesh, e muitos outros temas.

/ /

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Contribuir

subscreve a nossa newsletter

para poderes votar nos tópicos que vamos investigar, workshops que queremos fazer e teres uma voz activa.

Este é o único anúncio que vais ver neste website. Apoia o jornalismo independente.