Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

especial

especial

Legislativas 2019

Debate: Como crescer de forma sustentada? – Perguntar Não Ofende

Para falar sobre ambiente e economia, respondendo à pergunta “Como crescer de forma sustentada?”, o podcast Perguntar Não Ofende, produzido por Daniel Oliveira e por João Martins, juntou candidatos às legislativas de outubro de cinco partidos com assento parlamentar: Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda; Bruno Dias pela CDU; João Matos Fernandes do PS; Álvaro Almeida do PSD e Cecília Meireles do CDS. O PAN foi convidado, aceitou o debate mas, no próprio dia, cancelou a sua presença.
Este debate, assim como várias entrevistas que iremos publicar, está integrado no projeto “Eleições em Rede 2019”, que junta projetos independentes, meios de comunicação locais e universitários na cobertura da campanha para a votação do próximo Parlamento.

15 Setembro 2019

especial

Legislativas 2019

Debate: Como salvar o Estado Social? – Perguntar Não Ofende

Para responder à pergunta “Como salvar o Estado Social?”, o podcast Perguntar Não Ofende, produzido por Daniel Oliveira e por João Martins, juntou representantes dos seis partidos com assento parlamentar candidatos às legislativas de outubro.
Este debate, assim como várias entrevistas que iremos publicar, está integrado no projeto “Eleições em Rede 2019”, que junta projetos independentes, meios de comunicação locais e universitários na cobertura da campanha para a votação do próximo Parlamento.

8 Setembro 2019

especial

Eleições Europeias 2019

Análise: Manuel Dias dos Santos e Riccardo Marchi sobre extrema-direita e populismos

Na noite das eleições europeias de 2019, Manuel Dias dos Santos, sociólogo e historiador, e Riccardo Marchi, historiador, analisaram de que forma o crescimento da extrema-direita e dos populismos condicionaram a campanha eleitoral e vão moldar, ou não, a ação do Parlamento Europeu nos próximos anos.

30 Maio 2019

especial

Eleições Europeias 2019

Análise: José Luís Monteiro e Sofia Oliveira sobre Alterações Climáticas e Ambiente

Na noite das eleições europeias de 2019, Sofia Oliveira, da Greve Climática Estudantil, e José Luís Monteiro, da Oikos, analisaram de que forma as alterações climáticas e o ambiente condicionaram a campanha eleitoral e vão moldar, ou não, a ação do Parlamento Europeu nos próximos anos.

30 Maio 2019

especial

Eleições Europeias 2019

Análise: Diaby Abdourahamane e Rita Gaspar sobre a Europa Fortaleza

Na noite das eleições europeias de 2019, Rita Gaspar, ativista na Humans Before Borders, e Diaby Abdourahamane, refugiado da Costa do Marfim em Portugal, desde 2007, e fundador da Associação dos Refugiados em Portugal, analisaram de que forma as políticas migratórias e de ajuda a refugiados moldaram a campanha eleitoral e vão moldar, ou não, a ação do Parlamento Europeu nos próximos anos.

30 Maio 2019

especial

Eleições Europeias 2019

Especial: Eleições Europeias 2019

Programa Twitter Tweets by fumacapt Resultados

26 Maio 2019

especial

PREC

Peter Robinson: “Escrevi para casa, a 25 de novembro de 75, dizendo: ‘isto é o final da revolução’”

Peter Robinson, sul-africano nascido a 1946, chegou a Portugal como “turista revolucionário”, no Verão Quente de 1975, durante o PREC (Período Revolucionário em Curso), no pós-25 de Abril. Ficou duas semanas, visitando fábricas, herdades e até hotéis tomados pelos trabalhadores. Mais tarde, em outubro desse mesmo ano, voltou novamente a Portugal, como ativista a tempo inteiro, ficando até maio de 76. Como foi o Verão quente de 1975? O que aconteceu a 25 de novembro desse ano? Quando é que acabou a Revolução? Ouve/Vê aqui a entrevista, feita em conjunto com Joana Craveiro, arquivista, atriz, encenadora, dramaturga e diretora artística do Teatro do Vestido.

25 Novembro 2018

atualidade

Especial: Eleições em Angola – Afinal, quem venceu as eleições?

Fotografia: Paulo Novais/Agência Lusa A 23 de Agosto, a única certeza, para uns, era a de que José Eduardo dos Santos abandonaria depois das eleições gerais em Angola o poder que ocupava desde há 38 anos atrás. O país viu apenas dois presidentes após a descolonização e apenas um partido no poder. “42 anos já […]

31 Agosto 2017