Desassossego, nova série Fumaça. Sabe mais aqui.

Arquivo

opinião

“O meu privilégio criou a Cova da Moura”, por Ricardo Esteves Ribeiro

“Não foram os “negros perigosos não-civilizados” que criaram a Cova da Moura. Fomos nós. Os privilegiados.” Artigo de opinião de Ricardo Esteves Ribeiro sobre a desigualdade e a violência policial da Cova da Moura.

opinião

“O conflito israelo-palestiniano não existe”, por Ricardo Esteves Ribeiro

Na Palestina não existe um conflito. Existe um projeto colonial de apartheid com o objetivo de dizimar uma população.

opinião

“Limpa a cidade para passar a procissão”, por Margarida David Cardoso

Talvez nos choque que ainda hse faça por esconder quem, só pela sua existência, põe em causa a ideia de uma cidade moderna de gente feliz e ruas impolutas. Ainda hoje, há dias em que se limpa a cidade varrendo pessoas.

opinião

“Há pedras que não se levantam”, por Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto recorda Cabo Delgado, a terra “que vivia bem sem a presença de outros”, ameaçada por um complexo conflito.
“Um dia, um velho deu-me o seguinte conselho: há pedras que não se levantam, debaixo delas moram fantasmas que nunca foram enterrados.”

Exército de Precários

Boinas

O Estado detém o monopólio da violência legal. Mas, se assim é, como se explica a ligação umbilical entre a segurança privada e as forças públicas de autoridade?
Este é o primeiro episódio da série “Exército de Precários”, uma investigação de dois anos sobre a segurança privada em Portugal.

opinião

“Ainda vivo às custas dos escravizados pela minha família”, por Nuno Viegas

Dizer que Portugal não é racista não é uma opinião, é um exercício de negacionismo histórico racionalmente indefensável.

opinião

“Entre pessoas em situação de sem-abrigo e especuladores, a PSP escolhe os últimos”, por Ricardo Esteves Ribeiro

Artigo de opinião de Ricardo Esteves Ribeiro sobre o papel autoritário da PSP durante o despejo ilegal do Seara, em Lisboa.

reportagens

A Resistência: quarentena na rua

Como se faz quarentena sem uma casa? Conversámos com as pessoas que resistem nas ruas de Lisboa, com ou sem pandemias, mesmo quando o distanciamento social e a quarentena são impossíveis.

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 8