Fala connosco — [email protected]
Calçada do Tijolo 23, 1200-464 Lisboa

Jornalismo independente, progressista e dissidente

entrevista > é apenas fumaça

Exame de Acesso à Especialidade Médica

João Costa Pedro: “Há muita gente em ansiolíticos. Cafeína é o mínimo que se faz.”

Este ano, 2341 médicos recém-formados fizeram a Prova Nacional de Avaliação e Seriação, que dita o seu destino na escolha da especialidade e do estabelecimento onde continuarão a sua formação, nos anos seguintes. O problema é que só existiam 1665 vagas. Ficaram de fora 676 pessoas. Para conseguir um lugar, é preciso uma boa nota no exame – chamado de Harrison, por ser o nome do livro de referência para o teste. Há quem estude durante um ano, mais de 12 horas por dia. Muitos, recorrendo a cafeína e antidepressivos.

29 Novembro 2018

especial

PREC

Peter Robinson: “Escrevi para casa, a 25 de novembro de 75, dizendo: ‘isto é o final da revolução’”

Peter Robinson, sul-africano nascido a 1946, chegou a Portugal como “turista revolucionário”, no Verão Quente de 1975, durante o PREC (Período Revolucionário em Curso), no pós-25 de Abril. Ficou duas semanas, visitando fábricas, herdades e até hotéis tomados pelos trabalhadores. Mais tarde, em outubro desse mesmo ano, voltou novamente a Portugal, como ativista a tempo inteiro, ficando até maio de 76. Como foi o Verão quente de 1975? O que aconteceu a 25 de novembro desse ano? Quando é que acabou a Revolução? Ouve/Vê aqui a entrevista, feita em conjunto com Joana Craveiro, arquivista, atriz, encenadora, dramaturga e diretora artística do Teatro do Vestido.

25 Novembro 2018

comunicados

Palestina, histórias de um país ocupado

Série Fumaça vence dois dos Prémios de Ciberjornalismo 2018

A série documental “Palestina, histórias de um país ocupado” venceu os prémios do júri e do público (votação online) na categoria “Narrativa Sonora Digital”, da 11.ª edição dos Prémios de Ciberjornalismo, do Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber), da Universidade do Porto.

22 Novembro 2018

entrevista > é apenas fumaça

Brutalidade policial na Cova da Moura

José Semedo Fernandes: “As nossas forças policiais agem como agia a PIDE”

Em julho de 2017, 18 agentes da PSP foram acusados pelo Ministério Público, numa imputação sem precedentes, dos crimes de falsificação de documento agravado e denúncia caluniosa e de tortura, sequestro, injúria e ofensa à integridade física qualificada, agravados pelo ódio e discriminação racial, contra seis residentes do Bairro da Cova da Moura, na Amadora. José Semedo Fernandes é um dos elementos da equipa de advogados dos ofendidos no processo que agora julga 17 desses 18 agentes. Falou-nos sobre o que se passou a 5 de fevereiro de 2015 – o dia em que tudo isto aconteceu -, da brutalidade policial em vários bairros da periferia de Lisboa, que os torna “zonas de exceção”, e de racismo institucional.

20 Novembro 2018

reportagem

Aborto

O corpo delas, as regras deles

Em Portugal, o acesso ao aborto seguro é feito sem restrições até à décima semana de gestação. Mais de 60% da população mundial continua sem acesso a este procedimento médico. Fomos o único órgão de comunicação social português presente na conferência da Campanha Internacional pelo Direito das Mulheres ao Aborto Seguro, realizada em Lisboa, em setembro de 2018. Falámos com ativistas das Honduras, Irlanda, Filipinas e Brasil para fazer o ponto de situação legal da interrupção voluntária da gravidez no planeta.

15 Novembro 2018

entrevista > passos perdidos

comunicado

Passos Perdidos chega ao fim

O nosso último episódio do programa Passos Perdidos, em parceria com o portal Hemiciclo, foi mesmo o último. Vamos explicar porquê.

8 Novembro 2018

entrevista > é apenas fumaça

Urbanismo

Patrícia Santos Pedrosa: “As cidades têm que ser diversas e conscientes da diversidade”

Conversamos com Patrícia Santos Pedrosa, arquiteta, feminista e fundadora da associação Mulheres na Arquitectura, sobre o modo como o desenho e a construção do espaço público pode potenciar a violência de género na cidade e o próprio acesso e uso da urbe por todas as pessoas.

8 Novembro 2018

entrevista > é apenas fumaça

Eleições Brasil 2018

Jairo Nicolau: “Pela primeira vez, um candidato foi eleito presidente sem ter ganho entre os mais pobres”

O “bolsonarismo” foi maior que Bolsonaro. Nas eleições gerais brasileiras de 2018, a extrema-direita e a direita conservadora conquistaram tudo: o Senado, a Câmara dos Deputados, a Presidência. E, agora, como governará o executivo de Jair Bolsonaro? Esta semana, temos como convidado, desde o Rio de Janeiro, Jairo Nicolau, cientista político, doutorado em Ciência Política no Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, professor na Universidade Federal do Rio de Janeiro e investigador no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

6 Novembro 2018

atualidade

Palestina

Hamas e Autoridade Palestiniana torturam e prendem

Um relatório da Human Rights Watch publicado na semana passada, a 23 de outubro, relata detenções e tortura a dissidentes políticos, incluindo jornalistas e ativistas, cometidos pela Autoridade Palestiniana e pelo Hamas.

2 Novembro 2018

atualidade

Ambiente

Galp e ENI desistem do furo de petróleo em Aljezur

A Galp e a ENI não vão furar o mar de Aljezur em 2019, como queriam. A oposição dos movimentos ambientalistas e as ações em tribunal travaram a intenção das petrolíferas. As empresas denunciaram o contrato de concessão e o Algarve está, por agora, livre de petróleo.

2 Novembro 2018

comunicados

Comunicado

Jornalista Fumaça vence bolsa de investigação jornalística da Fundação Gulbenkian

Pedro Miguel Santos, jornalista no Fumaça, é um dos dez vencedores da primeira edição das Bolsas de Investigação Jornalística, instituídas pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), em junho passado.

2 Novembro 2018

atualidade

Eleições Brasil 2018

Cristina de Branco: “O que vem aí é muito obscuro”

Cristina de Branco, antropóloga, filha e neta de exiladas políticas da ditadura militar brasileira: “Como é que será ter um presidente abertamente misógeno, homofóbico, racista, num país que tem uma taxa de feminicídio altíssima, e que tem uma taxa de violência homofóbica altíssima, e no qual existe um genocídio negro indígena em curso… A gente vê muita sombra, realmente”

2 Novembro 2018

atualidade

Eleições Brasil 2018

Extrema-direita conquista o Poder no Brasil

Jair Bolsonaro venceu as eleições brasileiras com 55% dos votos válidos. Fernando Haddad, o candidato derrotado, teve 45% da votação. O Brasil acaba de eleger como presidente um racista, homofóbico, machista, xenófobo, defensor da tortura e da ditadura.

2 Novembro 2018
O nosso jornalismo é aberto a toda a gente, mas custa dinheiro. Ajuda-nos a continuar.